28 de maio de 2012

Lula, o Tirano

Nunca antes na história desse país a liberdade, o povo e a República foram tão severamente ofendidos. A atitude foi veiculada pela imprensa que relata uma tentativa do ex-presidente Lula de pressionar um ministro da mais alta corte do nosso país a facilitar o adiamento daquele que foi um dos maiores escândalos de Governo Lula: o Mensalão.

O ex-presidente mostrou que é pouco democrático, soberbo e não passa de um criminoso da estirpe de Carlos Cachoeira, outra mácula na nossa República. Partindo de quem partiu, deveria surpreender alguns - mas não esse escriba. Ora, esse senhor que tratou o Estado Democrático de Direito como se nada valesse é o mesmo que se diz defender os pobres e oprimidos de nosso país, aqueles que diuturnamente são esquecidos pela ineficácia do nosso modelo jurídico.

Ele quis mostrar ao povo que a Justiça, de fato, só existe para o povo. Fez uma tentativa de subjugar o Poder Judiciário tão, ou mais, grave que o próprio Mensalão. De quebra Lula mostrou mais uma vez que o lamaçal que existe no nosso Congresso Nacional é motivo de vergonha geral da nação, colocando em aberto uma suposta blindagem do Ministro Gilmar Mendes na CPMI do Cachoeira.

A sociedade não pode silenciar, não é possível que as pessoas vão achar essa uma ação normal, em absoluto não é, é uma atitude nefasta, vil e, o pior, partiu de um ex-presidente da República, não posso aceitar que um dia meus filhos sequer escutem que esse tirano foi o maior presidente da história desse país. Não posso, não vou.

#LulaNuncaMais

Um comentário:

Vanessa disse...

Querendo ou não o Brasil cresceu com o Lula como presidente, mais esse escandalo com a CPMI do cachoeira eu realmnete nunca esperava.